quinta-feira, 19 de abril de 2018

Bora Ouvir o Rock Gospel Estadunidense?





O ano era 2002 e os meus pés frequentavam pela primeira vez os corredores da Universidade Estadual do Ceará, primeiro semestre do curso de Ciência da Computação. E aí já sabe qual é a grade né: Inglês Técnico, História dos Computadores, Cálculo I, Matemática, Matemática, Matemática, Física… haha


Mas vamos ao que interessa… numa dessas aulas de Inglês, sei lá, apareceu uma rapaziada lá na sala e, adivinha só: nos presentearam com um CD chamado “No Lies” (Sem Mentiras, em tradução livre).


Deixei esse CD em alguma gaveta por um tempo até que um dia resolvi ouvi-lo. E gostei demais da melodia de rock e de paz.


Eu sei que depois de um tempo eu acabei foi perdendo esse CD. Mais um tempo se passou e eu resolvi iniciar um trabalho de arquelogia para recuperar esse som. Usei tudo o que eu tinha aprendido na cadeira de Inglês Técnico, escavei fundo na minha memória e fui ao Google/Youtube com os pedaços dos nomes das bandas e das músicas que eu lembrava.


O meu trabalho arqueológico resultou em 3 bandas:
  • Newsboys
  • Smalltown Poets
  • The Waiting








Todos grupos masculinos de rock, da década de 90, do rock gospel cristão dos Estados Unidos. Baixei as melhores músicas que encontrei dessas bandas no Youtube e montei o meu setlist de rock gospel em Inglês, que recentemente foi incorporado oficialmente ao meu pen drive, bem na pasta “rock gospel”.


Infelizmente, não encontrei nada sobre o CD e quase nada sobre as bandas para escrever aqui no post. Algumas eu acho que até já foram extintas e outras já estão com o canal do YouTube até desativado.


Ah!, as letras das músicas seguem a receita de músicas de igreja: paz, amor, aleluia, Jesus, Deus, acreditar, fé, prosperar, doar, glória, limpeza…


Enfim, coisas que estamos precisando bastante no mundo atual.


Só lembrando que o gospel já passou aqui pelo blog:




E aí, mesmo que, assim como eu, você não siga nenhuma religião, a mensagem é importantíssima e o som, meus amigos e minhas amigas, é simplesmente maravilhoso! É mais uma com o selo Bora Ouvir Uma de “Pode Subir o Som”!


Compartilhe o blog. Compartilhe músicas boas com a gente.


Sobe o SOM!


The Waiting


Unfazed



I Am




Smalltown Poets


Anything Genuine



Clean



Everything I Hate



I'll Give



Who You Are



A New Beginning



Gloria



Waterfall




NewsBoys


Love Liberty Disco



Beautiful Sound



The Tide



He Reigns



Be Still



Good Stuff



I'm Not Ashamed



Reality



Breakfast Song



Thrive



Tuning In




Fiquem sempre em paz.
Fiquem sempre com Deus.


Ei, psiu, se liga…
Dá para ficar sabendo das novidades do blog pelas redes sociais. Sigam-me os bons!
      

Conheça a minha obra completa em:

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bora Ouvir o Double You – DVD Live Brazil 2007?




Quem me conhece de longa data sabe o quanto eu gosto da Eurodance 90! Praticamente, foi a minha “criação musical”:




Ano passado, o YouTube me proporcionou um reencontro intenso com a minha história musical. Músicas que eu já tinha ouvido centenas de vezes, mas nunca tinha “visto”. Que sensação!


(Inclusive algumas músicas que eu nem mesmo sabia que eram deles…)


Double You é um grupo musical italiano, que canta em Inglês e que se “radicou” no Brasil ao longo da sua carreira, liderado por William Naraine.









Em 2017, estiveram em Fortaleza, mas, adivinha só, eu perdi…


Achei muita moral eles virem gravar esse DVD aqui no Brasil.


O ambiente da boate ficou muito acolhedor.


É uma hora de porrada com os maiores sucessos da carreira e eu vou comentar esse setlist logo mais abaixo como já fizemos em outros posts desse estilo.


Compartilhe o blog. Compartilhe músicas boas com a gente.


Sobe o SOM!






(Os números indicam o tempo de início das músicas no vídeo.)


00:00 Requiem - Dies Irae / Prelude - Memories 3
Réquiem é uma prece para os mortos e prelúdio é o primeiro passo para alguma coisa. Enfim, uma gracinha pra gerar um clímax, entrar no palco e sapecar o show! Estão perdoados.


03:04 Everything I Do (I Do It For You)
Daí, meus amigos, já vem a linda canção do Bryan Adams, na releitura genial do Double You e já vem também o primeiro #PQP do show!


06:11 Please Don’t Go
De acordo com o Google, o maior sucesso dos caras, a música que os tirou do anonimato e os fez estourar em todo o mundo. Na verdade, também é uma regravação. Dessa vez de “KC & The Sunshine Band”.


09:37 Got to Love
Simplesmente EURODANCE 90: BPM acelerado, “hip hop”/embolada, teclados e vocais femininos no “refrãozinho”. Amo muito tudo isso!


12:50 Gonna Be My Baby
Aí vem uma baladinha mais romântica pra fazer a galera chorar um pouco.


17:10 What Did You Do (With My Love)
Daí chega o segundo #PQP do show! Meu Deus, que música linda da porra!
Essa eu só conheci através desse DVD. Uma balada maravilhosa que fez o Double You sair da pasta Dance 90 para a pasta Baladas no meu pen drive.


21:52 Dancing With An Angel
E agora um #PQP muito especial!
Meus amigos, eu procurei essa música por 20 anos. Fala sério!
Eu nem mesmo sabia que era deles.
A minha esposa diz que eu sou péssimo em “encontrar coisas”. Você não imagina qual é a sensação de encontrar uma coisa que estava perdida há 20 anos.
Dançando com um anjo.”
A mais pura Eurodance 90.


25:34 Because I’m Loving You
Eurodance 90.


29:20 Part Time Lover / Funky
Daqui pra frente eles optaram por desacelerar o BPM. “Estragaram” a Eurodance com violãozinho de sofrência. Eu discordo totalmente, mas, é o show dos caras, né? Quem sou eu pra cornetar!?


34:44 With Or Without You
E agora um #PQP diferente. É só reler a crítica no parágrafo anterior. Obviamente, a versão que foi para o meu pen drive foi a legítima versão Eurodance 90.


38:07 Heart Of Glass
E agora vamos voltar ao show normal, ao post normal e ao #PQP normal. Meu Deus, que música é essa!? Linda demais! E ainda tem o “na-na-ná” do Limão com Mel pra você poder cantar mesmo sem saber Inglês.
(E, nos 45 do segundo tempo antes de publicar o post, eu descubro com a ajuda do Amnésia e do Shazam que essa música é originalmente do Blondie.)

41:21 She´s Beautiful
Uma baladinha dedicada “a todas as mulheres bonitas na boate”.


44:57 Looking At My Girl
Ai, ai, e tome coraçãozinho!


48:15 Who’s Fooling Who
Mais Eurodance, por favor. E com direito até a coro de igreja haha
Quem está enganando quem?”
Eu sempre escuto ele falando “cuscuz”. Haha


51:47 We All Need Love
Todos nós precisamos amar”


55:31 Run To Me
E aí, meus amigos e minhas amigas, pra acabar o show e o post, o maior #PQP de todos!
Em 1995, o meu pai comprou o nosso primeiro carro: um Chevette branco.
Foi o primeiro carro que eu dirigi.
Nesse tempo, a gente estava se mudando pra Ipaumirim e esse Chevette cruzou muito a estrada Várzea Alegre-Ipaumirim. Double You tocou demais naqueles alto-falantes e, a coisa mais bizarra que eu vou escrever hoje: 23 anos depois, quando eu escuto essa música, eu ainda consigo sentir o cheiro dos bancos do Chevette!


Um grande abraço e nos vemos por aí!



Ei, psiu, se liga…
Dá para ficar sabendo das novidades do blog pelas redes sociais. Sigam-me os bons!
      

Conheça a minha obra completa em:

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Bora Ouvir o Black do Acordeon?








Saindo do vermelho para o preto, do pop para o forró, da Inglaterra para o Brasil, assim o nosso blog segue!


E hoje o post vai ficar meio capenga. Eu vou escrever pouco porque eu não consegui achar quase nenhum material sobre o Black do Acordeon. Sabe como é, né? Ele é um artista novo e fora da mídia, então…


Faz parte! O blog também objetiva abrir espaço para novos sons e para artistas “desconhecidos”. E, afinal, é um blog de música. A gente vai subir o som e vai valer muito o post!


Como deu pra perceber no primeiro vídeo, esse post é mais uma “parceria” com o Forró Stream. É que foi lá onde eu conheci o som maravilhoso do Black do Acordeon.


É um “forrózin” muito romântico. E o rapaz canta bem arrastado, como se fosse um penitente…





e tem horas em que a sua voz simplesmente se funde (e se confunde) com a sanfona. Fica até difícil distinguir o que é voz e o que é sanfona. Genial!


Waderson Santos, o Black do Acordeon, 30 anos, nasceu na Bahia, mas foi registrado e criado mesmo no Espírito Santo, onde brilhou bastante lá nos forrós de Itaúnas. Atualmente, reside em São Paulo. Na verdade, atualmente ele está fazendo a sua primeira turnê europeia, logo após lançar o seu primeiro CD.









Compartilhe o blog. Compartilhe músicas boas com a gente.


Sobe o SOM!


/black/ Prometo







/black e Bárbara Greco/ Acalanto







/black/ Legado







/black/ Meu mundo, teu!







/black/ Erro Eu






Ei, psiu, se liga…
Dá para ficar sabendo das novidades do blog pelas redes sociais. Sigam-me os bons!
      

Conheça a minha obra completa em:

quinta-feira, 29 de março de 2018

Bora Ouvir o Simply Red?




Continuando as comemorações de 1 ano do nosso romance erótico O Excremento da Flor do Desejo Pela Coisa




fomos buscar o Simply Red para fazer o nosso post mais vermelho de todos!


É que a flor é vermelha e essa é a cor predominante em todo o romance. O vermelho do amor, da paixão e do sexo…


Agora, vamos dar uma passeada pelos “50” tons mais vermelhos do livro e depois subiremos o som com o Simply Red.


Control F “vermelho” no livro e vamos direto ao capítulo 2, quando Seu Veloso e Seu Timóteo estão no meio de uma investigação muito séria:


Lembrando ou não lembrando, depois da décima mijada do dia no pé de manga, Seu Veloso avistou as flores vermelhas que ficavam no canto da cerca.


E essas flores vermelhas são as grandes protagonistas do enredo e aparecem diversas vezes no texto.


No capítulo 7, Seu Veloso, já muito rico, decide comprar um supercarro:


Seu Veloso queria uma caminhonete que ele julgava ser um carro apropriado para um fazendeiro do seu porte. A outra exigência é que a cor fosse vermelha. Fazia parte da estratégia de marketing de Kellyane para divulgar a flor do amor.


No capítulo 8, a empresária do sexo escolheu vermelho para o julgamento do século:


Os músicos! Nossos jovens talentosos onde trabalham? Quem mais incentiva a cultura de Coités? É aquela mulher de vermelho ali. Ela dá abrigo a músicos, pintores, grafiteiros e dançarinas. Ela quem valoriza nossa cultura. Pergunte aos músicos onde eles tocam todas as semanas com agenda fixa, público bom e renda garantida? Eles podem passar a semana inteira se dedicando e ensaiando, pois sabem que têm um bom palco à disposição. O mesmo palco que recebe grandes artistas nacionais, trazendo ainda mais cultura para Coités.


E no capítulo 12, os convites nominais para o show do Roberto Carlos:


No dia seguinte, a visita foi de Dr. Fabinho Pontes. Ele trazia uma folha de papel, papel couchê muito brilhoso, bonito e sofisticado, branco, com alguns ornamentos em vermelho e uma flor no canto direito. No centro, em letras inglesas clássicas, o nome completo de Seu Veloso. Coisa linda!





Assim como a lista de presença para o show:


Ele mostra a todos um caderno com a capa vermelha:
Esse aqui é o livro oficial de assinatura de presenças no maior show da história de Coités. Como vocês devem saber, cada ingresso vai custar apenas 1000 reais para quem comprar nesse primeiro lote. É uma chance imperdível. Eu estou avisando: vai faltar ingresso!


E é mais do que óbvio que o buquê não poderia ser diferente:


Mais aplausos e foi quando Roberto Carlos desceu do palco e foi em direção à mesa da Turma do Terror de Taipas, com um buquê lindo, gigantesco e vermelho, incluindo algumas flores especiais e conhecidas daquela turma. Ele entregou o buquê a Dona Rosa, a abraçou e de lá mesmo emendou:


Eu tenho tanto pra lhe falar
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor por você


E um toque especial de vermelho na mulher da noite…


E a votação mais importante escolheu a mulher mais gostosa da noite. Para ciúmes e deleite do advogado, a senhorita Juçane foi escolhida com quase todos os votos possíveis. Essa era barbada. Em condições normais, ela já seria uma forte candidata. Mas, naquela noite, ela estava imbatível. Ela estava com um vestido branco longo até os pés e justo como um salário-mínimo. Na frente, um generoso decote. As costas também estavam em boa parte descobertas. A mulher parecia estar embalada a vácuo e as suas formosas curvas eram devidamente realçadas e exibidas. Um batom especial vermelho-carmim nos lábios fechava o pacote.




Eita! Espero que estejam gostando do livro… Se preferir uma leitura mais convencional (sequencial), é só clicar aqui:







Bora Ouvir o Simply Red?




Simply Red é uma banda inglesa, de Manchester, liderada pelo cantor e compositor Mick Hucknall.”




Eu me atrevo a escrever aqui que qualquer leitor desse post já ouviu o Simply Red alguma vez na vida. Porque, meu amigo e minha amiga, o que o som desses caras tocou nos últimos 30 anos em rádios, TVs, novelas e filmes não é brincadeira, não!


E é aquela treta bem bipolar que já falamos em outros posts: eles tanto podem fazer você dançar bastante, como podem te arrancar muitas lágrimas. Veremos isso bem claramente na seleção musical do final do post.


Ah!, O Red é o apelido do cantor que é ruivo.


Já passaram algumas vezes pelo Brasil, mas são figurinhas fáceis mesmo é no Festival de Jazz de Montreux, na Suíça.


A história mostra que a banda teve um entra e sai gigante de músicos ao longo dos 30 anos, chegando a ser até mesmo uma espécie de projeto-solo do Mick Hucknall em alguns momentos.


As letras trazem uma temática romântica ou social. E é pra lá que nós vamos agora!









Compartilhe o blog. Compartilhe músicas boas com a gente.


Sobe o SOM!


# Playlist Melosinha da Sofrência


# Holding Back The Years





# If You Don't Know Me By Now





# You Make Me Feel Brand New







# Playlist das Baladas


# For Your Babies





# Say You Love Me





# Sunrise





# Stars







# Playlist Bora Dançar Uma


# Come To My Aid





# It's Only Love





# Something Got Me Started









Um abraço vermelho!


Ei, psiu, se liga…
Dá para ficar sabendo das novidades do blog pelas redes sociais. Sigam-me os bons!
      

Conheça a minha obra completa em: